A reconstrução do Brasil – 2ª parte – As medidas necessárias

Os debates dos Fóruns Estadão foram convertidas em medidas executivas para serem estudadas pelos presidenciáveis para utilização após a Posse.
Como o próximo Congresso terá uma representação mais horizontal dos partidos e pequena renovação, o novo Presidente vai enfrentar uma oposição feroz e é mais sábio ater-se a suas funções do Poder Executivo.
As medidas propostas no livro COMO ACABAR COM A CRISE são exclusivamente executivas, independem do Congresso, de elevação de impostos, precisam de decisão e permitem:
1. Estancar a CRISE.
2. Zerar o ajuste fiscal em seis meses.
3. Resolver definitivamente a Previdência.
4. Administrar adequadamente a verba orçamentária proporcionando educação obrigatória de ensino de 1º e 2º grau para todas as crianças do país e acabar com o analfabetismo. Há recursos orçamentários constitucionais para isso.
5. Para gerar empregos rapidamente, basta abrir concorrência para todos os tipos de concessões sem outorga, vencendo quem oferecer menor pedágio ou tarifa, devolvendo-se ao povo os ativos que são dele, não do governo.
6. Implementar a Reforma Tributária
7. Estabilizar a economia e o câmbio
8. A venda de ações de empresas do governo ou de qualquer ativo só para abater da dívida pública.

Esses artigos detalham como executar essas medidas.

Leiam o livro, que explica mais profundamente os detalhes de como executar as medidas aqui indicadas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s