E a crise?

Os representantes do povo no Congresso resolveram aprovar o impeachment do Governo PT e acabar com a ditadura de dona Dilma. Por que razões o povo nas bases dos congressistas os
forçou a declarar sim como voto na aprovação final?

Eis as razões.

Os mandatos de D. Dilma foram utilizados para:

1. Destruir a indústria nacional para enfraquecer a economia e tornar mais fácil transformar esse país em economia de modelo bolivariano.

2. Para tomar conta do país definitivamente o Governo PT inventou a “governabilidade” comprando uma maioria no Congresso e transformando esse país numa ditadura do Poder Executivo. O Poder Legislativo recebia ordens e dava cobertura legal a tudo.

3. Mantiveram o preço da gasolina baixo para destruir a Petrobras que representava 10% do total da economia e convulsionar o campo destruindo as usinas de açúcar e álcool e com isso desempregando milhões de trabalhadores.

4. O Ministro da Fazenda Guido Mantega, em plena ditadura do executivo, emitiu 183 portarias acabando com o código tributário brasileiro. Sem saber com segurança o que pagar de imposto, o investimento se retraiu. As portarias reduziram impostos de importação e tornaram os produtos estrangeiros mais baratos que as nacionais, começando aí a destruição das empresas industriais brasileiras. Com esses incentivos à importação a indústria brasileira perdeu competitividade com a indústria estrangeira. Já em 2014 26% de todos os produtos oferecidos no nosso mercado eram estrangeiros, e os empregos aqui foram desaparecendo. Resultado: queda consistente da arrecadação, desemprego e completa falta de segurança para investimentos nesse país.

Tudo mudou quando acabou o dinheiro e as instituições começaram a condenar os ladrões à cadeia. Com os picaretas retraídos com medo e o Tesouro sem recursos para bancar mais nada, a mídia se soltou e aos poucos o povo foi sabendo de tudo. A Dilma, responsável pela desgraça a que estava submetido o país, tinha de sair de cena para um novo governo acabar com a crise.

Delicadamente foi expulsa pela maioria do povo. Tinha de mudar já, e não em 2018, pois já são 12 milhões desempregados. Só até maio, contabiliza-se o aumento de 35% de falências, 450 mil lojas fechadas. O país continua sendo destruído. O desemprego continua crescendo. A arrecadação diminuindo. Como fazer ajuste fiscal com menos receita todos os meses? Já não há dinheiro disponível para quase nada e continuará cada vez pior. Tem que acabar com a crise para o país voltar a respirar.

E o que faz esse governo Temer? Foi colocado aí, mesmo interino, para acabar com a crise. Até agora, só fez política. Passado um mês, nenhum governante sequer mencionou a palavra crise. Está todo mundo preocupado em como pagar as contas do governo e as despesas com o orçamento. Com a desculpa que precisam do Congresso para aprovar as medidas necessárias, reproduziram o esquema da corrupção montado pelo PT. Todos os partidos querem ministérios e os políticos querem “indicar”, tudo como fonte de recursos extras para a campanha política de outubro. Não foi para manter essa política nojenta que o povo votou para mudar o governo. E ditadura do conluio Legislativo-Executivo do PT conduziu o país para a desgraça. Acontece que isso está sendo reproduzido. Se não sabem como resolver os problemas criados pela crise, a sociedade sabe e precisa participar e isso é feito por um Congresso livre e não com a Casa Legislativa comprada com cargos. Os políticos se arvoraram como donos desse país, mas são somente empregados assalariados pago pelo povo. Devem trabalhar para o povo em retribuição ao que ganham. O povo começou a comprar menos porque o investimento zero começou em 2013, com as indústrias fechando e o desemprego crescendo. Sem emprego e pouco dinheiro, o jeito é comprar menos.

O Dr. Armínio Fraga, declarou recentemente que se conseguirem estancar a crise já é uma grande coisa. Podia ter sido estancada na primeira semana do Governo. Bastava desfazer o que o Guido Mantega plantou para destruir emitindo portarias restabelecendo o IPI geral para todos os produtos e outra estabelecendo o imposto de importação em 20% para todo e qualquer produto e  acabando com todas as isenções ou reduções de importação. Todas inclusive a dos governos federal, estaduais e municipais e do REPETRO e REPORTO. Todos iguais perante a lei.

Com somente duas portarias se restabelece um código tributário para o país e condições para a economia funcionar. Para a destruição porque a indústria retoma sua competitividade com o produto importado. Crescimento não porque não há garantia jurídica para investimentos e este continuará zero. Mas dará tempo para aplicar medidas de correção. Sem dinheiro para nada, como dar isenções ou subsídios? Uma grande parte foi “comprada”, não gerada por lei do Congresso. E ainda falam em aumentar imposto! Acabando com as isenções vão arrecadar muito mais. E as leis do mercado prevalecem com isonomia na competição entre empresas.

Sugestões de como equacionar o problema da crise em três etapas foram encaminhadas ao Presidente Temer e vários congressistas, logo que foi empossado. Até agora mais ninguém sugeriu medidas para resolver a crise. E fogem do debate de qualquer iniciativa ou sugestão. Será que têm vergonha da incompetência? Ora, ninguém nasce sabendo e se aprende com estudo, dedicação, perguntando ou trocando ideias entre cérebros distintos. Até agora o governo Temer está continuando o plano de destruição montado pelo PT. Quando é que esse governo vai cair na real e o Executivo Temer tomar medidas executivas? Ajuste fiscal, isto é, pagar as contas do governo, são medidas administrativas e a Fazenda está tratando disso. Mas ela mesmo reconhece que até o final do ano, a continuar a crise como está, o desemprego vai ser acrescido de 3 milhões.

Presidente, não deixe isso acontecer! O povão que vota em vocês não merece esse descaso!

Você está no comando. Mande emitir as portarias no Ministério da Fazenda para estancar a crise. Isso já será um grande alívio, como diz o Dr. Armínio Fraga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s